Que tipo de vendedor você é? (Não seja um porre)

Gente chata é foda.

Vai dizer, você conhece aquele cara que vc vê chegando perto de você e vc pensa

Puta que pariu… que saco esse cara aqui, ele vai vir conversar, puta que merda, vou disfarçar no telefone

Quem nunca?

Pois é, as coisas são assim com empresas também

Ou você fica feliz da vida quando a Vivo ou a Net te ligam para oferecer uma proposta irrecusável? Fantástico, né?

Estratégias de marketing à parte, não seja chato, cara. Não faça com os outros o que você não gostaria que fizessem com você.

Vamos falar de vendas, por exemplo.

Vendas são a parte crucial de qualquer organização, e fazem parte da gestão do negócio. Todo administrador precisa saber de vendas.

Há uma diferença grande em ser um vendedor mala e um vendedor inteligente.

Os dois querem atenção, que é o seu recurso mais valioso. Falei disso aqui, e aqui.

Um vendedor mala é um vendedor burro. Ele vai querer a sua atenção a qualquer custo, e vai te empurrar o que ele tem pra vender guela abaixo.

O vendedor mala não se importa com o longo prazo. Ele quer ganhar a comissão sobre a venda agora. O vendedor mala acaba com a sua empresa.

Agora, um vendedor inteligente merece meu respeito.

Ele sabe como, porque, onde, e o que dizer para o seu cliente em potencial.

Ele sabe o que oferecer, e sabe que o cliente quer um furo na parede, e não uma furadeira, já dizia Levitt. Ele sabe oferecer o benefício, e não o produto.

O vendedor inteligente constrói um relacionamento. O vendedor mala tá cagando pro mundo.

O vendedor inteligente leva em consideração diversos fatores antes de entrar em contato com um cliente potencial:

  • O vendedor inteligente sabe que está competindo por atenção com outras coisas, e deve oferecer algo que chame a atenção do cliente.

Imagine você com a sua família, num feriado de carnaval, sábado de manhã. Te liga um filha da puta para oferecer seguro.

PORRA, SEGURO NO SÁBADO DE MANHÃ? NO CARNAVAL?

Você já fica meio puto, mas tenta ser educado. Você é um cara educado, e você entende que o vendedor tá fazendo o trabalho dele. Você respira fundo, e mantém sua compostura.

E daí o cara começa a ser “vendedor mala” e quer te empurrar a merda do seguro guela abaixo. O que você faz?

  1. Manda enfiar o seguro no cu
  2. Ofende a mãe do vendedor
  3. Desliga o celular
  4. Bloqueia o número no celular
  5. Xinga muito no twitter
  6. Todas as anteriores

Essa história aconteceu de verdade comigo, e eu quero que eles se fodam. Quero que morram, e morreriam se não fossem bancados com seu (e meu) dinheiro com impostos (eles são da Caixa). O Brazilzão é uma piada mesmo…

  • O vendedor inteligente sabe que atenção ruim é pior que não ter atenção.

Porra, faz o seguinte cara. Se fantasie de Minion, coloque o logo da sua empresa na testa, e vá no centro da cidade dar um passeio.

Porra, todo mundo vai te notar. Mas quem vai comprar o que vc tá oferecendo? E ainda vão lembrar da sua empresa como a empresa do Minion. Fodeu-se.

Se atenção não traz venda, ela não vale a pena. 

  • O vendedor inteligente sabe que as pessoas ignoram aquilo que não interessa a elas.

Eu sei que você é aficionado por nutrição, assim como eu, e adoraria saber mais porque estratégias low-carb, paleo, e keto são ineficientes quando comparadas com um déficit calórico consistente no longo prazo, com correta ingestão protéica e exercício.

Você tá cagando pra isso que eu falei. Se eu começasse o texto falando isso, você não teria chegado até aqui.

Só fale o que interessa para o seu público. Ponto.

  • O vendedor inteligente sabe que as pessoas tem um horário e um local para estarem interessadas no seu produto

Eu vendo palestras, coaching, e consultoria. Eu sou muito bom, e talvez o melhor no que faço, sem falsa modéstia. Mas eu não vou te vender isso no final de semana.

Meus posts vão pro Linkedin entre às 15 e 17h de segunda à quinta, e entre as 8 e 12h às sextas. Por que?

Bom, é a hora que você tá mais de saco cheio do trabalho, e pode prestar atenção no que eu tenho a falar.

E se você tá de saco cheio do trabalho, é porque tá insatisfeito. Eu te entendo.

Você merece mais, eu concordo com você. Você é melhor do que seu cargo!

Mas merecer mais não te leva a nada, na verdade.

É por isso que eu estou aqui. Eu quero te ajudar a CONSEGUIR mais, porque eu sei que você merece mais. 

Eu posso ir na sua empresa fazer uma palestra pra fazer seu time ser mais produtivo. Eu posso te dar novas direções pra você mudar a sua vida e sua carreira!

Vamos conversar! Clique aqui!

REFERÊNCIAS

Ocasio, W. (1997). Towards an attention‐based view of the firm. Strategic management journal18(S1), 187-206

Kaufman, J. (2011). The personal MBA: A world-class business education in a single volume. Penguin UK

Levitt, T. (1960). Marketing myopia

Photo by Marion Michele on Unsplash

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s