Você não é livre

A constituição brasileira, em algum artigo dela, fala que nós somos livres. Filósofos falam que seres humanos são livres para tomar qualquer escolha, desde que não infrinjam a liberdade de outros. Já pensou se você é realmente livre? Se não, pense, porque o que vc vai ler aqui vai doer.

Tudo isso que eu vou falar aqui, falo nas minhas palestras e sessões de coaching voltadas à produtividade.

A liberdade pode ser definida como a possibilidade de escolher. Eu quero trabalhar no lugar X. Eu quero estudar no lugar Y. Eu quero ser hetero, homo, trans. Eu quero casar com a Mariazinha, ou ainda, eu não quero casar. A gente toma essas escolhas que moldam nossa vida até onde nós estamos hoje, e nós baseamos nossa vida nessas escolhas.

Mas porra, velho, tem uma coisa que ninguém percebeu.

Me conta uma coisa. Você tá gordo? Você queria ter mais massa muscular? Você queria ser um namorado ou uma namorada melhor? Você queria tomar mais água durante o dia, ler mais livros durante o mês, correr mais vezes durante a semana, jogar mais videogame com seu filho?

Há 3 anos atrás, eu alcancei o patamar de 140 fucking quilos. Eu era uma bola. Minha vida era uma merda. Eu era burro, não fazia exercícios, não lia, não estudava, enfim – um bosta. Um ser cagante. Um peso para o mundo. Eu sei que muita gente por aí se sente assim, e entendo. Puta que pariu, cara, como eu entendo.

Até que eu descobri uma coisa. Eu nunca fui livre. Eu limitei as minhas escolhas. Ou melhor, eu estava em piloto automático. Se tem comida, bora comer! Se tem exercício, puts, tenho que tomar um gole com os camaradas. Se tem um livro, putz, tô cansado demais.

A sua liberdade está diretamente relacionada ao seu poder de escolher as coisas certas. Você sabe quais são as escolhas certas. Mas o gordo, por exemplo, coloca a culpa na hereditariedade. Quantas vezes eu mesmo falei “meu pai e minha mãe são gordos, logo, eu sou gordo”.

Porra velho. Que vergonha cara. Colocando a culpa no pai e na mãe por causa da sua falta de disciplina! Vai à merda, Caio!

Disciplina é o poder de fazer escolhas certas, cara.

Disciplina é liberdade.

Meus filhos vão nascer sabendo isso.

Eu sei que você quer saber mais sobre isso. Fale comigo aqui!

REFERÊNCIAS

Willink, J., & Babin, L. (2017). Extreme Ownership: How US Navy SEALs Lead and Win (New Edition). St. Martin’s Press

Duckworth, A. (2016). Grit: The power of passion and perseverance. Findaway World LLC.

Dweck, C. S. (2006). Mindset: The new psychology of success. Random House Incorporated

Photo by Austin Guhl on Unsplash

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s